Papa e grande imã Ahmed al-Tayeb fazem reunião histórica no Vaticano

Papa e grande imã Ahmed al-Tayeb fazem reunião histórica no Vaticano

O papa Francisco recebeu nesta segunda-feira (23) no Vaticano, com um abraço fraternal, o imã Ahmed al-Tayeb da mesquita Al-Azhar do Cairo, a máxima autoridade do Islã sunita, um encontro considerado histórico após dez anos de tensões.

“Nosso encontro de hoje é uma mensagem por si só”, disse o Papa argentino ao se despedir com um abraço do importante líder religioso, com quem se reuniu pela primeira vez no Vaticano, em sua biblioteca privada do Palácio Apostólico.

O encontro entre o chefe da Igreja católica e o influente líder muçulmano é considerado histórico e encerra dez anos de tensões entre a Santa Sé e a Universidade de Al-Azhar, a instituição mais importante do Islã sunita.

O imã Ahmed el-Tayyib e o Papa Francisco conversam no Vaticano (Foto: Max Rossi/Reuters)

Com este abraço, o Papa argentino quis abrir novamente o diálogo após a ruptura em 2006 depois das polêmicas declarações do papa Bento XVI em Ratisbona (Alemanha), nas quais relacionou a violência ao Islã.

O imã da época de Al-Azhar foi uma das autoridades religiosas muçulmanas mais críticas às palavras do Papa alemão, considerando-as um insulto e uma distorção do Islã.

“Foi um encontro cordial, que durou 30 minutos”, explicou o Vaticano em um comunicado oficial, acrescentando que foram abordados temas como “o compromisso das duas grandes religiões pela paz no mundo, a rejeição à violência e ao terrorismo”.

 

 

 

 

G1