Palmeiras tenta ser 1º grande a escapar da armadilha do São Bernardo no Paulista

Palmeiras tenta ser 1º grande a escapar da armadilha do São Bernardo no Paulista

Para se recuperar de sua primeira derrota no Campeonato Paulista, o Palmeiras terá que enfrentar o time que trouxe problemas para todos os grandes que encontrou até agora. Às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu, o adversário será o São Bernardo, melhor defesa da competição e responsável por derrotar o Corinthians e empatar com o São Paulo.

"Não foi por acaso que deram trabalho para os grandes. Se entrarmos achando que ganharemos ao natural, seremos surpreendidos. Temos que entrar firmes e muito mobilizados para conseguir a vitória. Falei para o grupo como é importante o resultado positivo e que enfrentaremos uma equipe que faz um grande campeonato", avisou Gilson Kleina.

Ao longo da semana, os atletas já mostraram preocupação com o time do ABC. "O São Bernardo manteve a base do ano passado e esse campeonato solidifica o que eles têm feito. É um time que chama atenção pela marcação, preenchendo muito bem os espaços. É uma equipe muito bem treinada", elogiou Kleina

Além de superar um rival que só sofreu seis gols em dez jogos, o time alviverde terá que se reabilitar. Os próprios jogadores não se conformaram com a fraca atuação na vitória por 3 a 1 do Botafogo, em Ribeirão Preto, no domingo. O discurso de todos é de obrigação de mais empenho e intensidade em campo.

Diante do São Bernardo, os responsáveis pelo setor ofensivo terão que se mexer. Gilson Kleina promove as voltas de Juninho e Wesley, que foram poupados por desgaste muscular, e de Alan Kardec, de volta após cumprir suspensão. O time atuará no 4-3-3, com Valdivia armando e Marquinhos Gabriel e Vinicius nas pontas.

São oito desfalques: França e Bruno César, suspensos, e Wellington, Victorino, Thiago Martins, Josimar, Leandro e Diogo, lesionados. Mas, independentemente dos problemas, a cobrança é por um futebol mais participativo. "O São Bernardo tem a melhor defesa do campeonato, então será necessária muita movimentação. Se formos previsíveis, vamos facilitar para eles", ressaltou Kleina.

Na briga para tirar a Ponte Preta do segundo lugar do grupo do Santos e se classificar, o São Bernardo não terá o lateral direito Rafael Cruz e o volante Edson, suspensos, mas vem animado por vitória convincente fora de casa, sobre o Linense, e aposta que pode surpreender.

"Tirar pontos dos grandes pode ser fundamental para a classificação. Tenho carinho pelo Palmeiras, mas será um jogo normal, difícil, e precisamos buscar esses pontos fora de casa. Pela campanha que fazemos, temos totais condições de vencer", disse o lateral esquerdo Eduardo, que já foi do Palmeiras

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X SÃO BERNARDO

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 27 de fevereiro de 2014, quinta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Aurélio Santanna Martins (SP)

Assistentes: Fausto Augusto Viana Moretti e Eduardo Vequi Marciano (ambos de SP)

Assistentes adicionais: Marcelo Rogério e Rodrigo Gomes Paes Domingues (ambos de SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Wesley e Valdivia; Marquinhos Gabriel, Vinicius e Alan Kardec

Técnico: Gilson Kleina

SÃO BERNARDO: Wilson Júnior; Kaique, Luciano Castán, Fernando Lombardi e Eduardo; Dudu Lima, Willian Favoni (Daniel Pereira), Marino e Bady; Elionar Bombinha e Gil

Técnico: Edson Boaro