Padre da cidade de cajazeiras atropela e mata professora

Padre da cidade de cajazeiras atropela e mata professora

A professora Eunézia Vieira Alves Bezerra, de 50 anos, morreu em um grave acidente registrado por volta das 17:50h na BR 230 em frente à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), campus de Sousa.

De acordo com informações da polícia militar, a mulher tentou atravessar a pista, mas acabou sendo atropelada por um carro que era conduzido pelo padre Agripino Ferreira da cidade de Cajazeiras.

O reverendo disse que seguia para realizar uma missa na cidade de Cajazeiras, quando avistou a mulher tentando cruzar a BR. “Ainda freei o carro, tentando evitar o acidente, mas não consegui”, afirmou.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e corpo de bombeiros estiveram no local realizando atendimento à vítima, que foi socorrida mas morreu ao chegar no Hospital Regional de Sousa (HRS).

“Chegamos ao local imobilizamos a vitima e ela teve uma parada cardíaca e realizamos Reanimação Cardio-Pulmonar, mas infelizmente ela não resistiu e faleceu ao chegar no hospital”, disse a enfermeira do Samu, Anne Milane.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e está investigando as causas do acidente de trânsito.

Testemunhas informaram que Eunézia é natural de Pombal e veio a Sousa para realizar prova do Concurso Público do IFPB. Ao término da prova que foi realizada na UFCG, ela tentou atravessar a pista e acabou morrendo atropelada. 

 

 

 

Fonte: Diário do Sertão