Pâmela destaca bandeiras de luta que pretende defender e agradece apoios recebidos

Pâmela destaca bandeiras de luta que pretende defender e agradece apoios recebidos

Durante a diplomação dos eleitos no pleito de 2014, em solenidade realizada na quarta-feira (17) em João Pessoa, a sobrinha do senador e futuro ministro do TCU Vital do Rêgo e do deputado federal eleito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), Pâmela Vital do Rêgo (PMDB) representou a avó (deputada federal e suplente de senador eleita, Nilda Gondim) na solenidade, já que Nilda Gondim não pôde estar na cerimônia.

Pâmela, que disputa a presidência estadual do PMDB Jovem revelou que foi uma honra representar as mulheres, na pessoa da deputada federal Nilda Gondim, no recebimento dos diplomas dos eleitos.

A jovem peemedebista lembrou que as mulheres são a maioria da população brasileira: 51,25%, pelos números do último censo do IBGE. Este fator já coloca em destaque a discussão sobre a inserção da mulher na sociedade, assim como os avanços e as debilidades nas políticas públicas de gênero e na luta pelo combate ao machismo.

Pam, como é conhecida, propõe como uma das suas bandeiras de luta, caso venha a assumir o PMDB Jovem do Estado aumentar a representação das mulheres dentro da sigla, numa parceria com sua avó, Nilda Gondim, que preside o PMDB mulher no Estado. Para isso, já conta com o apoio do atual presidente da Juventude do PMDB da Paraíba, André Amaral e do vice-presidente Caco Alcântara, que anunciaram, ontem à noite, apoio à pré-candidatura de Pâmela Vital. “Acredito que ela tem história familiar e compromisso com o PMDB”, disse André Amaral, em entrevista recente.

A candidata agradeceu os apoios e destacou outra sugestão que pretende levar para o debate junto aos jovens peemedebistas, sobre a reforma política. A ideia é traçar um modelo de reforma com os pontos a serem defendidos pela legenda em nível estadual, a serem encampados pelos peemedebistas.

Ela pretende tratar do tema em conjunto com os integrantes da Fundação Ulysses Guimarães, a exemplo do deputado estadual Raniery Paulino, que coordena a entidade, e deve ficar pronto para ser apresentada ao Congresso Nacional já nos primeiros meses de 2015 – depois de passar pelo crivo do conselho político.

 

 

Mais PB