Ossada que pode ser de Eliza Samudio é achada perto de aeroporto de Belo Horizonte

Ossada que pode ser de Eliza Samudio é achada perto de aeroporto de Belo Horizonte

Uma ossada humana foi encontrada em um terreno vazio próximo ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, Belo Horizonte, na terça-feira (29). A polícia fez buscas na região em um lote de Vespasiano pelos restos mortais de Eliza Samudio depois de indicação de Jorge Luiz Rosa, primo do ex-goleiro Bruno.

Os ossos foram localizados por um funcionário de uma empresa de coleta de lixo na região e encaminhados para o Instituto Médico Legal de Belo Horizonte. Ainda não é possível saber se os restos são do corpo de uma mulher, segundo o jornal O Tempo. De acordo com a Record, a estimativa é de que a ossada tenha 4 anos.

O servente Reinaldo da Sagrada Família, 37 anos, encontrou a ossada “por acaso”. Os ossos estavam espalhados por aproximadamente 3 metros, perto de uma pequena árvore que fica em um terreno da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O corpo estava a pouco mais de 1 km do terminal de embarque de passageiros.

O servente contou que foi verificar o nível da água em uma nascente quando avistou o crânio e vários ossos espalhados. “Fiquei tremendo de medo com o susto que levei e subi o barranco correndo”. A polícia foi chamada e recolheu a ossada, que passará por exames para determinar a quem pertence.

Antes o local, que é um sítio da Infraero, tinha uma floresta, que passou por queimada. Isso pode ter atrapalhado a localização da ossada. O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, chegou a morar perto da região.

 

Correio Forense