Oposição começa definir estratégia pró-impeachment da presidente Dilma

Oposição começa definir estratégia pró-impeachment da presidente Dilma

Líderes de partidos de oposição na Câmara se reúnem na manhã desta terça-feira, 23, para discutir estratégias de mobilização a favor do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e das ações que pedem a cassação da chapa da petista e do vice-presidente Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O encontro está previsto para 10 horas, na liderança do PPS, e deverá contar com a presença também de deputados do DEM, PSDB e Solidariedade.

A reunião ocorrerá um dia após a expedição do mandado de prisão do marqueteiro do PT, João Santana, no âmbito da 23ª etapa da Operação Lava Jato, deflagrada na manhã desta segunda-feira, 22. Para a oposição, o fato reforça a ação que tramita no TSE. Os oposicionistas consideram que há indícios suficientes para comprovar que "dinheiro sujo" irrigou a campanha petista e lembram que a prática de caixa 2 já foi denunciada em 2005, durante o escândalo do mensalão do PT.

Logo após a reunião para debater sobre o impeachment, os líderes oposicionistas receberão representantes o Movimento Brasil Livre (MBL) para discutir estratégias para o ato a favor do impeachment, marcado para ocorrer em todo o País no próximo dia 13 de março. O objetivo da oposição é tentar criar clima político, para que o processo de afastamento da petista ganhe força. (AE)

 

 

 

 

 

Diário do Poder