Operação 'Dom Bosco' desarticula grupo acusado de fraudar licitações em prefeituras paraibanas

Operação 'Dom Bosco' desarticula grupo acusado de fraudar licitações em prefeituras paraibanas

Uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (16) em João Pessoa, Campina Grande e Patos tem o objetivo de desarticular uma quadrinha especializada em fraudar licitações em diversas prefeituras paraibanas. Segundo informações preliminares, é estimado em cerca de R$ 21 milhões de recursos federais o desvio de recursos, cuja ação criminosa vinha sendo desenvolvida a pelos menos dez anos.

Batizada de "Dom Bosco", a investigação tem uma parceria do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Controladoria Geral da União e a PRF - Polícia Rodoviária Federal. A operação está sendo realizada desde as cinco horas da manhã de hoje, com o objetivo de cumprir 14 mandados de busca e apreensão e quatro de condução.

Ainda na manhã de hoje, uma entrevista coletiva para divulgar o balanço da operação está marcada, ocasião em que será disponibilizado a imprensa o conteúdo do material apreendido nesta manhã. A ação criminosa atuou até 2013.

Mais informações ao longo do dia.

 

 

 


Marcone Ferreira