Operação da Polícia Civil fecha clínica de aborto em Porto Alegre

Operação da Polícia Civil fecha clínica de aborto em Porto Alegre

A Polícia Civil fechou uma clínica clandestina de aborto que funcinava no bairro Floresta, região central de Porto Alegre, em ação na tarde desta quarta-feira (29). No momento do flagrante, sete pessoas estavam no prédio e foram detidas. Mandados de busca e apreensão são cumpridos.

Uma jovem de 21 anos aguardava para fazer o procedimento ilegal no estabelecimento clandestino, mas foi impedida com a chegada dos policiais. Na porta de entradfa, um cartaz exibia que o prédio funcionava como clínica de estética, drenagem e reiki. A casa tinha três andares. Equipamentos médicos usados para realização de abortos também foram apreendidos.

 

 

 

G1