Operação conjunta de delegacia e PMs apreende armas na zona rural de Catolé do Rocha

Operação conjunta de delegacia e PMs apreende armas na zona rural de Catolé do Rocha

Dois homens suspeitos de comercializar armas, na zona rural da cidade de Catolé do Rocha, no sertão paraibano, foram presos, na manhã deste sábado (3), através de uma operação conjunta entre policiais militares do 12º Batalhão e policiais civis da 8ª Delegacia Regional, que integram a 18ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP).

De acordo com o major Douglas Araújo, comandante do 12º Batalhão, a Polícia vinha recebendo denúncias de que no Sítio Batatas havia a venda de armas. “Fomos até ao local e apreendemos na casa de Antônio Andrade de Almeida, de 46 anos, um revólver e uma espingarda e na residência de Raimundo de Sales Alves Filho, de 36 anos, encontramos outra espingarda e mais 18 cartuchos”, detalhou.

Os dois presos e as armas apreendidas na operação foram levados para a 8ª Delegacia Regional da Polícia Civil. Eles foram autuados, a princípio, por posse ilegal de arma, mas ainda serão investigados sobre a participação no comércio ilegal de armas.

Na sexta-feira - Policiais militares do 12º Batalhão apreenderam cinco armas e mais de 300 cartuchos na casa do aposentado Francisco Bezerra Cavalcante, de 82 anos, também na cidade de Catolé de Rocha, no sertão paraibano. Foram pegos uma espingarda calibre 36, uma pistola de fabricação artesanal calibre 12, três espingardas de fabricação artesanal, sete munições calibre 22, duas calibre 38 e 302 cartuchos vazios, de vários calibres, além de um carregador de munições. Ele foi autuado por posse ilegal de arma.

Secom PB