Onze acusados na Lava Jato deixam a carceragem da Polícia Federal

Onze acusados na Lava Jato deixam a carceragem da Polícia Federal
Onze suspeitos detidos na sétima fase da Operação Lava Jato já deixaram a carceragem da Superintendência da Polícia Federal no Paraná após a soltura deles ter sido determinada pela Justiça, segundo a PF. Os acusados estavam sob regime de prisão temporária, que tem prazo de cinco dias, desde a última sexta-feira (14).

Os suspeitos saíram da PF cobrindo os rostos e escoltados por advogados.

A soltura foi obtida por Alexandre Portela Barbosa, da construtora OAS, Ednaldo Alves da Silva e Walmir Pinheiro Santana, da UTC, Carlos Eduardo Strauch Albero e Newton Prado Júnior, da Engevix, Otto Garrido Sparenberg e Valdir Lima Carreiro, da IESA, Othon Zanoide de Moraes Filho e Ildefonso Colares Filho, da Queiroz Galvão, Jayme Alves de Oliveira Filho, apontado como subordinado do doleiro Alberto Youssef e Carlos Alberto da Costa Siva, suposto emissário das empreiteiras.

Três executivos foram proibidos de deixar o país, e um agente federal que transportava dólares para o doleiro Alberto Youssef foi punido com a perda da função pública.

Doze acusados do caso ainda estão na carceram da PF em regime de prisão preventiva, que não tem limite de duração. Entre eles estão o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e Fernando Soares, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras, que se entregou nesta segunda.

FORAM SOLTOS
* Alexandre Portela Barbosa (OAS)
* Walmir Pinheiro Santana (UTC/Constran)
* Othon Z. de Moraes Filho (Queiroz Galvão)
* Ildefonso Colares Filho (Queiroz Galvão)
* Valdir Lima Carreiro (Iesa)
* Jayme Alves de Oliveira Filho (agente da PF)
* Carlos Eduardo Strauch Alberto (Engevix)
* Newton Prado Junior (Engevix)
* Ednaldo Alves da Silva (UTC/Constran)
* Carlos Alberto da Costa e Silva (advogado)
* Otto Garrido Sparenberg (Iesa)

*

PRISÃO PREVENTIVA

Camargo Corrêa

  • João Auler –prisão preventiva decretada nesta terça
  • Dalton Avancini –prisão preventiva decretada nesta terça
  • Eduardo Hermelino Leite –prisão preventiva já havia sido decretada
  • José Ricardo Nogueira Breghirolli –prisão preventiva já havia sido decretada

OAS

  • José Aldemário P. Filho –prisão preventiva decretada nesta terça
  • Mateus C. de Sá Oliveira –prisão preventiva decretada nesta terça
  • Agenor Franklin Magalhaes Medeiros –prisão preventiva já havia sido decretada

UTC/Constran

  • Ricardo Pessoa –prisão preventiva decretada nesta terça

Mendes Júnior

  • Sergio Cunha Mendes –prisão preventiva já havia sido decretada

Engevix

  • Gerson de Mello Almada –prisão preventiva já havia sido decretada

Galvão Engenharia

  • Erton Medeiros Fonseca –prisão preventiva já havia sido decretada

Outros

  • Renato de Souza Duque (ex-diretor de Serviços da Petrobras) –prisão preventiva decretada nesta terça
  • Fernando Soares (lobista) –prisão temporária

*

h3. FORAGIDO
* Adarico Negromonte, irmão do ex-ministro Mario Negro-monte, do PP