Olimpíadas: Goleira brasileira do handebol trouxe a namorada canadense para torcer pelo ouro

Olimpíadas: Goleira brasileira do handebol trouxe a namorada canadense para torcer pelo ouro

É, gente. Não tem pra onde fugir: estas são, sem dúvidas, as Olimpíadas do amor. Uma outra prova disso é a goleira da seleção brasileira de handebol Mayssa Pessoa e sua namorada, a modelo canadense Nikki Shumaker. Elas se conheceram em Toronto, durante os Jogos Panamericanos, em 18 de julho de 2015.

A ligação foi tão forte e imediata que, no fim de semana seguinte ao Pan, Nikki já estava num avião para a Europa ao lado da namorada. Os pais da modelo ficaram um pouco surpresos com a rapidez, mas felizes pelo acontecimento inusitado.

E agora, Nikki veio ao Brasil para acompanhar o desempenho da namorada nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Para isso, Mayssa queria ter certeza de que haveria uma estrutura montada para garantir a segurança da namorada e evitar preocupações num momento em que sua concentração deve estar dentro da quadra.

"A violência era a maior questão. Não tive medo de zika ou chikungunya, porque sabia que estávamos em outra estação e os mosquitos teriam sumido. Quando tive certeza de que teria um lugar para ficar e que a irmã da Mayssa estaria comigo, fiquei tranquila. É importante ter alguém que fale português por perto”, disse Nikki ao UOL Esporte.

No Instagram, elas são puro amor, e não têm vergonha nenhuma de demonstrarem isso. Aliás, em uma das fotos da conta de Mayssa, ela escreve: "quero a nossa família". Será que vem filhinhos por aí, gente? Veja algumas fotos deste casal:

 

 

 

 

IG