O que mais mata pessoas? O calor ou o frio?

O que mais mata pessoas? O calor ou o frio?

Você já ouviu falar que o frio e o calor extremos são capazes de levar uma pessoa à morte rapidamente? Um estudo publicado em 2015, na revista The Lancet, mostrou que o tempo frio mata 20 vezes mais pessoas do que o clima quente em todo o mundo. De acordo com os pesquisadores, as mortes causadas pelo frio extremo superam as provocadas pelo calor extremo.

A explicação é que o clima frio traz mais doenças e também provoca congelamento. Segundo Antonio Gasparrini, da Escola de Medicina Tropical e Higiene de Londres, no Reino Unido, as ondas de calor também são perigosas para a vida humana, mas os resultados da pesquisa demonstraram que o frio em condições extremas é mais mortal.

Para chegar à conclusão, a equipe analisou mais de 74 milhões de mortes, em treze países, entre os anos de 1985 e 2012. Em nações como China, Itália e Japão, 11% das mortes aconteceram por causa da temperatura, sendo que o frio foi responsável por cerca de 7% dos óbitos. O estudo não levou em consideração a susceptibilidade da população às mudanças de temperatura, nem fatores socioeconômicos, de idade ou níveis de poluentes no ar.

Pesquisadores indicam que pessoas doentes, muito jovens ou idosos são mais vulneráveis ao risco de morte relacionado à temperatura, principalmente ao tempo frio, que causa mais doenças respiratórias.
 

Quanto frio e quanto calor podemos suportar?


O livro “A Vida no Limite – A Ciência da Sobrevivência”, escrito pela fisiologista inglesa Frances Aschcroft, indica que num ambiente com sensação térmica de -44º C, a pele humana congela em menos de dois minutos. Já no calor intenso, que eleva a temperatura corporal acima dos 42º C, há risco considerável de morte por insolação.