'O PSB cobra do governo, mas não sente no direito de tirar a presidente', diz Ricardo

'O PSB cobra do governo, mas não sente no direito de tirar a presidente', diz Ricardo

“Acho que o PSB tem produzido documentos importantes, agora, tem tido responsabilidade. Porque se alguém achar que vai resolver alguma coisa tocando fogo, eu acho que estará assinando um atestando de desrespeito e desserviço para o Brasil”, falou o governador Ricardo Coutinho sobre a postura do PSB diante da crise financeira enfrentada pelo país.

Ricardo ressaltou que deve haver cuidado e afirmou que o partido busca ter responsabilidade.

– É preciso ter muito cuidado e ter um compromisso com o Brasil. O PSB cobra do governo Federal, cobra postura, cobra projeto, mas, ao mesmo tempo, não se sente no direito de simplesmente estourar tudo achando que o mais importante é somente retirar uma presidente e colocar outro sem qualquer legitimidade para tocar adiante esses desafios que o país tem ao longo desses dois, três anos próximos – esclareceu.

 

 

As informações foram veiculadas na Rádio Caturité AM