Nossa Senhora das Neves, Felipéia, Frederica; João Pessoa completa 429 anos

Nossa Senhora das Neves, Felipéia, Frederica; João Pessoa completa 429 anos

Muita gente estranha, questiona e até dúvida. Mas João Pessoa é sim a terceira cidade mais antiga do Brasil. Isso por que já nasceu cidade, em 5 de agosto de 1985, sem nunca ter sido designada como Vila, Povoado ou Aldeia.

Seu primeiro nome foi cidade de Nossa Senhora das Neves, em homenagem a Santa do dia, que acabou virando a padroeira da cidade. Apenas dois meses após a fundação, a Capital Paraibana passou a se chamar Felipéia de Nossa Senhora das Neves, numa homenagem ao rei da Espanha, Felipe II, que dominou Portugal.

Em 1634, Felipéia passa a se chamar Frederikstadt (Frederica), deste vez em homenagem ao Príncipe holandês Frederico Henrique, em ocasião da conquista holandesa ao seu território. 20 anos depois, com a volta do domínio Português, a cidade passou a se chamar Parahyba, nome que permaneceu até 1930.

Foi neste ano, que eclodiu no Brasil a revolução de 1930, que teve como um dos personagens principais o presidente do Estado, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, candidato a vice-presidente da República na chapa de Getúlio Vargas. João Pessoa foi assassinado João Duarte Dantas, advogado cujo escritório fora invadido por tropas governamentais, tendo sido suas cartas à professora Anayde Beiriz trazidas a público.

Apesar do caráter passional, o crime foi encarado como fato político e gerou grande comoção em todo estado. A Assembleia Legislativa Estadual aprovou a mudança do nome da capital em 4 de setembro de 1930.

 

Wscom