Nonato Bandeira defende ação da PF e MPF contra Lula

Nonato Bandeira defende ação da PF e MPF contra Lula

O vice-prefeito de João Pessoa e presidente estadual do PPS, Nonato Bandeira, disse que o Brasil acordou perplexo e sobre clima de grande tensão com as investigações da Lava-jato atingindo diretamente o ex-presidente Lula e seus familiares, um dia após a divulgação da suposta delação premiada do então líder do Governo no Senado, Delcidio Amaral, que incriminam Lula e a presidente Dilma Rousseff.

“O momento é gravíssimo, pois trata-se do líder maior de uma organização política que governou e ainda governa o país envolvido em uma operação conduzida por instituições do Estado brasileiro e até subordinada ao próprio Governo petista, como é o caso da Polícia Federal. Pelas manifestações que estamos observando na imprensa, nas ruas e redes sociais, o momento é de conter qualquer ato de extremismo político, de ameaças e intimidações, seja da esquerda ou da direita, que travam verdadeira batalha ideológica, quando o caso é absolutamente restrito aos aspectos jurídicos conduzidos pelas instituições públicas nacionais”, afirmou Bandeira.

Segundo o dirigente partidário e vice-prefeito de João Pessoa, o momento político requer equilíbrio absoluto das autoridades políticas e judiciárias para conduzir o país no clima de absoluta normalidade democrática, sem rupturas, sem aventuras e muito menos sem retrocesso que comprometa nossa consolidada democracia.

“É hora de apoiar nossas instituições. Ninguém está acima da lei. À imprensa, cabe divulgar para o povo brasileiro o que está acontecendo. As investigações devem ser feitas pelo Ministério Público e Policia Federal e o Judiciário fará o julgamento de acordo com a legislação em vigor”, disse Bandeira.

 

 

 

 

MaisPB