Nomes que podem disputar a prefeitura de Diamante em 2016

Nomes que podem disputar a prefeitura de Diamante em 2016
Já se ouve pelas ruas da cidade de Diamante (PB) que em 2016 o eleitor diamantense terá novamente, quatro alternativas para escolher quem melhor representará o poder executivo municipal pelos próximos 4 anos a contar de 2017.
 
O quadrangular não é uma novidade. Em 2012 estavam na disputa Adriano Santos, Marcília Mangueira, George Abílio e Carmelita de Lucena.
 
A novidade é um possível racha dentro da família Mangueira, que poderá ter a Prefeita Marcília em busca de sua reeleição, e o ex-prefeito Hércules (que fez a sucessão com Marcília em 2012) encabeçando outra chapa.
 
 
De fato a eleição vindoura poderá ter grandes novidades, a exemplo também do pretenso, o Sargento F. Carlos. Por sua vez ele não tem legenda partidária, mais disse que vai fundo nesta busca por mudança. O policial conta com a ajuda de amigos e pessoas desacreditadas de políticos demagogos, segundo ele.

Marcília Mangueira possivelmente estará se filiando a outro partido político, podendo ser o Partido do Governador, o PSB, já que hoje ela é filiada ao PMDB, comandado por Hércules Mangueira, que afirmou fazer uma consulta interna sobre a cabeça da chapa e acredita que o seu partido terá outro nome na disputa, podendo ser até o seu próprio nome, porém ele depende de uma aprovação de contas que vai ser votada no final deste mês pela Câmara Municipal.
 
Outro nome que vem se consolidado é o de Carmelita de Lucena, por sua vez, funcionária aposentada do INSS e esposa do médico e ex-prefeito Odoniel Mangueira. Ela defende a bandeira do PSDB e nas últimas eleições obteve 2.089 votos, correspondendo 48,41% do eleitorado no município.
 
O PMDB foi o primeiro partido a realizar a convenção municipal este ano, seguido do PSDB. A história continuará nos próximos capítulos que só estão começando...
 
    
 
 
Do DiamanteOnline