No Vale, escola é a única a visitar o Instituto Ricardo Brennand em Recife

No Vale, escola é a única a visitar o Instituto Ricardo Brennand em Recife

Os alunos da Escola Estadual Beatriz Loureiro Lopes da cidade de Piancó participaram de um tour turístico pela Paraíba, além da cidade de Recife-PE. Aproximadamente cem alunos viajaram para as cidades de Sousa, Ingá e Recife. Eles foram sob a supervisão de professores e funcionários da escola e puderam apreciar as belezas culturais, naturais, paisagísticas e trouxeram na bagagem aprendizado e muito conhecimento dos lugares visitados.

 

 Foram três viagens educacionais que só foi possível ser realizado através do plano de ação educacional da escola. A primeira viagem foi a Recife aonde os alunos, professores e direção escolar puderam conhecer o fascinante Instituto Ricardo Brennand onde está sediado um complexo arquitetônico de três prédios.

 

Um castelo de arquitetura medieval que possuiu um Museu, uma Pinacoteca e uma Galeria de obras de artes. O local é uma verdadeira viagem à idade média, aos períodos coloniais e há séculos passados já que dispõem de jardins, objetos históricos, obras de artes raras, armaduras, telas, pinturas e possuiu a maior coleção de armas brancas do mundo.

 

A segunda viagem foi à cidade de Sousa ao Parque dos Dinossauros aonde alunos e professores conheceram, aprenderam e puderam vivenciar um pouco do período jurássico. Eles conheceram as pegadas dos dinossauros e alguns desses animais que segundo historiadores foram os primeiros habitantes terrestres.

 

A terceira viagem foi à cidade de Ingá e aonde os alunos conheceram a pedra de Ingá o primeiro monumento arqueológico tombado pelo patrimônio Nacional. O local abriga inscrições enigmáticas e cercadas de mistérios são símbolos e desenhos que lembram figuras humanas e animais que pertenceram a uma cultura extinta a mais de 4.00 mil anos. Os professores Dorgival Tolentino, Antonio Dantas e Maria Pereira afirmaram que a excursão foi ria para o aprendizado dos alunos em todos os aspectos. Já os estudantes Graciano Ferreira Diego Leonardo e Karina Kellys classificaram a viagem como um show de cultura.

 

Todos os custos das viajes foram bancadas pela escola desde ônibus totalmente moderno e confortável, lanches e refeições. A diretora Rita Maria Ferreira informou que outras viagens com o intuito de desenvolver e aplicar novos conhecimentos na prática para os alunos serão realizadas e possivelmente a nova rota pode incluir o Rio de Janeiro do tempo do Império.

 

Vale News PB

VEJA MAIS FOTOS: