No Vale, vereador acusa prefeito de perseguir servidores que participaram de manifestação

No Vale, vereador acusa prefeito de perseguir servidores que participaram de manifestação
Funcionários do serviço de Saúde de Piancó que participaram de uma manifestação contra a Prefeitura na última sexta-feira, 28, estão sofrendo perseguições políticas. A denúncia é do vereador Neguinho Marinheiro.

Conforme o parlamentar mirim, alguns servidores foram afastados dos seus postos de trabalho sem nenhuma justificativa, o que também está comprometendo o serviço público. Segundo Neguinho, uma viatura de suporte avançado do Samu está parada porque os funcionários não foram escalados para o serviço por perseguição da Prefeitura.


O vereador disse que está aguardando a reabertura do Ministério Público, depois do carnaval, para denunciar o caso. Ele informou ainda que um representante do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) está sendo aguardado em Piancó na próxima quinta-feira para se inteirar dos fatos e defender os profissionais.

Com faixas e cartazes, eles ocuparam a Praça Salviano Leite com várias reivindicações à administração municipal, entre os quais melhores condições de trabalho; valorização salarial; pagamento do salário do mês de dezembro de 2012 e reposição da redução indevida nos salários de janeiro de 2013; terço de férias; adicional noturno; plano de cargo e carreira; e equiparação do valor do plantão do Caps ao do Samu.

 
folhadovali.com.br