No sertão moradores compram decibelímetro para a PM coibir casos de som alto

No sertão moradores compram decibelímetro para a PM coibir casos de som alto

Se sentindo incomodados com o uso de som em altura abusiva, moradores do município de Paulista, no Sertão do Estado, a 410 quilômetros de João Pessoa, resolveram fazer uma ‘vaquinha’ e adquiriram um decibelímetro para doar à Companhia de Polícia Militar da cidade. O equipamento foi entregue à corporação nessa quarta-feira (29).

A informação foi confirmada pelo Cabo Nóbrega, que faz parte do destacamento da cidade. Os moradores que compraram o decibelímetro são comerciantes do Centro da cidade que não aguentavam mais serem incomodados com sons extremamente altos.

Eles acionavam a Polícia que fazia somente o trabalho educativo, porque não podia multar ou aplicar qualquer pena por não possuir o equipamento que comprovaria a infração à lei.

De acordo com o Cabo Nóbrega, o município registra uma média de 30 reclamações de perturbação ao sossego por mês, números considerados altos para a cidade que possui uma população de cerca de 11 mil habitantes.

As ocorrências são mais frequentes, segundo ele, durante os fins de semana. Ele informou que a Companhia de Polícia ainda não tinha solicitado o equipamento à Corporação e que a população teria se antecipado e adquirido para fazer a doação.

O uso de som abusivo em veículos de acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) resulta em infração grave, podendo acarretar pena de multa e retenção do veículo.



Fonte: portalcorreio