Neymar se irrita com pergunta sobre compromisso e faz lobby por G. Jesus

Neymar se irrita com pergunta sobre compromisso e faz lobby por G. Jesus

Uma pergunta sobre seu comprometimento com a seleção brasileira, baseada no histórico desde a Copa do Mundo, fez Neymar se aproximar de perder a compostura nesta terça-feira. O atacante do Barcelona foi lembrado sobre cartões, suspensões, vida fora de campo e seu desabafo depois da perda da Copa América 2015.

Na resposta, Neymar pediu que o repórter (Silvio Barsetti, do Portal Terra) olhasse em seus olhos. Disse ainda que a pergunta era maldosa, mas que ele não iria devolver na mesma moeda. Por fim, questionou: “imagina você com 24 anos, ganhando tudo que eu ganhei, tendo tudo o que eu tenho. você seria igual a eu? valeu! próxima pergunta”, complementou.

“Olha, acho que você tem que começar a ver as coisas que passo dentro de campo. As coisas particulares, de quando estou fora de campo, compete só a mim. Estou falando com você, pode me olhar, por favor? Olha no meu olho, para criar um clima de amigo, por favor. Não tem por que ficar bravo. Tenho minhas conquistas, tenho minhas coisas. Sou tranquilo quanto a isso. Pode me criticar, sou um cara tranquilo. Eu gosto de sair, ir às baladas, e eu posso ir, sim. Não vejo problema nenhum. Sabendo o dever do dia seguinte. Agora, dentro de campo sempre me entrego, dou meu máximo. Acabo errando sim, e ainda vou errar muito. Não é por que sou o mais experiente aqui que sou perfeito”, declarou Neymar.

Na entrevista coletiva, a primeira desde que chegou a Teresópolis, o atacante ainda falou sobre suas impressões quanto à equipe, negou se preocupar em ser ou não o dono da braçadeira de capitão, disse que não se sente o ‘presidente’ do grupo de jovens e admitiu: deu conselhos para Gabriel Jesus a respeito do Barcelona, um dos interessados.
“Falei sim, claro. Falo para ele e para todos sobre como é jogar no Barcelona. Sobre como é viver na cidade. Ele é um grande jogador. Todos querem ele. Falei que ele seja feliz e, se tiver que sair agora, ou mais pra frente, tem que saber o momento certo. Os bons jogadores queremos do nosso lado. Se ele fosse ao Barcelona, seria muito feliz. Além de ser um dos maiores clubes do mundo, quiçá o maior, o ambiente no grupo é maravilhoso. Levar (para lá) já não é comigo”, afirmou Neymar.

“Olha, o capitão ainda está na mão do Micale. Isso não me preocupa. Independente de quem seja, a gente tem liberdade para estar conversando, auxiliando a equipe. Independente de quem use a braçadeira, isso é mais simbólico, todos têm papel importante dentro de campo. É importante para todos se sentirem importantes. Todo mundo, os que tão no banco também, têm direito de falar”, avaliou.

 

VEJA MAIS RESPOSTAS DE NEYMAR

 

CLIMA DO TIME OLÍMPICO

Estou muito feliz na seleção. Fui surpreendido em todos os aspectos. Pelo treinador, pelo nosso time e estamos nos encaixando, nos conhecendo ainda mais para que possamos alcançar o objetivo. A cada treino, o treinador está buscando o melhor, nos corrigindo, vendo o melhor para a movimentação da equipe. Quando ele ajusta as coisas é bom para todo mundo”, explicou o atacante, com detalhes sobre o que causou surpresa nele.

 

O QUE SURPREENDEU

A forma como eles trabalham, como eles deixam claro o que querem para auxiliar nos treinamentos, em tudo. E quanto aos jogadores, pela qualidade, acompanhei de longe cada um deles, alguns poucos vi de perto. Agora posso reencontrar amigos que eu tinha na minha época de Santos, conhecer esses grandes jogadores para mim é uma honra, um orgulho. Espero que possamos fazer história”, acrescentou.
 
PRASS COM DORES NO COTOVELO
Quanto ao Prass, claro que preocupa a lesão. É um grande goleiro. Mas acho que não vai ser nada, ele está cada vez melhor. Espero que ele esteja em campo logo conosco.
 
PRESIDENTE DA SELEÇÃO?
Não me sinto presidente nem intocável. Tento chegar mais perto deles, estar cada vez mais próximo. pois querendo ou não dá pra perceber como eles mudam o jeito de falar quando estão perto de alguém mais conhecido. Ter o papel de ídolo aqui dentro pra mim é maravilhoso. Tento deixar eles à vontade para qualquer tipo de brincadeira comigo.
 
DEPENDÊNCIA NA SELEÇÃO?
Nunca gostei de ficar falando de mim mesmo. Vou citar um exemplo do Barcelona: temos grande jogadores do Barcelona. E vamos dizer que não dependemos do Messi? Claro que sim, e não temos vergonha de jogar para ele. De ele ser o grande cara. Cada um precisa pôr o pé no chão e saber seu lugar na equipe. Não falo da seleção brasileira porque não quero falar de mim, mas posso falar do Barcelona. Quem não quer depender do Messi?
 
PESO POR EXPECTATIVA DO OURO
Acho que peso não existe nenhum. Eu assumo qualquer responsabilidade, quero meus amigos, companheiros, tranquilos pra jogarem futebol. Quero tirar isso das costas deles, pra deixá-los tranquilos para jogarem futebol.
 
SONHA JOGAR NO FLAMENGO?
Não é verdade, não saiu dele (pai) . Mas seria uma grande honra jogar, sim, no Flamengo, que é um dos maiores times do Brasil e do mundo. Nação rubro-negra, um grande beijo, mas ainda não tem nada de certo.
 
O QUE APRENDEU COM DUNGA E O QUE QUER APRENDER COM TITE
É difícil falar o que mais aprendi. Cada treinador tem a sua filosofia, a sua maneira de trabalhar. Tem uns que são mais defensivos e outros mais ofensivos, isso não compete a mim. Eles são mais experientes e sabem o que fazem. Agora terei o prazer de trabalhar com o Tite, espero que ele devolva a seleção para o lugar que deve ser dela.
 
PERDER? JAMAIS
Claro que ganhar é muito bom, mas ser cobrado faz parte do futebol. A partir do momento que me cobram dentro de campo, seja pelo lado bom ou ruim, isso faz parte do futebol. Eles são novos, mas sabem que vão ser cobrados também, sabem da responsabilidade de defender o Brasil numa Olimpíada em casa. Mas isso não me preocupa. Quem tem medo de perder perde a vontade ganhar. Eu sou um cara que não gosto de perder, dentro de campo vou fazer de tudo para vencermos essa Olimpíada. Em nenhum momento passa pela minha cabeça perder, mas sim estar no Maracanã com a medalha de ouro no peito.




 
Uol Esportes
Dassler Marques