Ney se prepara para “entrar em campo” com a missão de “tratorar” Rômulo e Santiago

Ney se prepara para “entrar em campo” com a missão de “tratorar” Rômulo e Santiago
As novas especulações sobre o cenário político paraibano não vem de Brasília, como de costume, mas do Rio de Janeiro, que ¨continua lindo¨, como diria o cantor Jorge Benjor. Um frequentador das praias cariocas se prepara para desembarcar de ¨mala e cuia¨ na Paraíba com missão de ¨tratorar¨ adversários e até aliados como o ex-senador Wilson Santiago (PTB) e o atual vice-governador Rômulo Gouveia (PSD).
O ex-senador Ney Suassuna (PSL) estaria esperando apenas a consolidação do rompimento entre o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para atracar em terras paraibanas com toda sua estrutura de campanha, conhecida dos paraibanos desde 1996, quando ajudou a elegê-lo senador pela primeira vez.
De lá pra cá, muita coisa mudou. Menos a disposição do ex-senador de voltar a participar ativamente da política paraibana. Nas eleições de 2010, Ney apoiou Ricardo Coutinho contra o ex-aliado José Maranhão (PMDB), e deu novo sentido à sua carreira política. Em 2014, o ¨trator¨, como é chamado, terá que superar dois pesos-pesados da atual conjuntura política - Rômulo e Santiago - se quiser disputar a única vaga de senador na chapa governista. 
Se depender de assessores, a partir de janeiro Ney estará de volta ao solo paraibano. E disposto a encarar a disputa, seja qual for o cenário. Aguarda apenas o sinal verde do governador Ricardo Coutinho [após o esperado rompimento com Cássio] para arrumar as malas. (Vanderlan Farias)