Nestor Cerveró deixa cadeia para passar o fim de ano com a família

Nestor Cerveró deixa cadeia para passar o fim de ano com a família

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró deixou a carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, nesta quarta-feira (23), para passar as festas de fim de ano com a família. A informação foi confirmada pela PF.

Cerveró é colaborador da Operação Lava Jato e, conforme os advogados, a saída está prevista no termo firmado com o Ministério Público Federal (MPF). Cerveró deve voltar para a prisão em 2 de janeiro. Durante todo o período, ele será monitorado por tornozeleira eletrônica e por escolta policial.

Também estava prevista a saída do doleiro Alberto Youssef. O doleiro, porém, permanecerá na cadeia. Segundo o advogado dele, o acordo não foi favorável ao cliente.

De acordo com a PF e com o MPF, Cerveró, na condição de diretor Internacional da Petrobras, se beneficiou do esquema de fraude, corrupção e desvio de dinheiro, recebendo propinas milionárias em virtude de diferentes contratos da Petrobras e também na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

O ex-diretor está detido desde janeiro deste ano, ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. Ele já foi condenado duas vezes pela Justiça Federal por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

 

 

G1