Nas capitais brasileiras, cerca de 50 mil adolescentes consomem crack, aponta pesquisa

Nas capitais brasileiras, cerca de 50 mil adolescentes consomem crack, aponta pesquisa

50 mil adolescentes já consomem crack em todas as capitais do País. Eles representam 14% dos usuários, segundo pesquisa do Ministério da Saúde apresentada pelo secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Vitore Zilio Maximiano, em debate na Câmara dos Deputados.

Ele reconheceu que o número é preocupante e disse que o levantamento serve para nortear as políticas de prevenção que devem focar em crianças e adolescentes. "Na prevenção, devemos alertá-los sobre os riscos, por isso investimos na capacitação de 200 mil professores da rede pública para trabalhar com esse tema", informou.

Orçamento da secretaria deste ano, segundo ele, é o maior da história e soma R$ 330 milhões sendo R$ 30 milhões de emendas parlamentares. "Tal a preocupação dos integrantes dessa Casa com o problema", disse.

Pesquisa nacional do Ministério da Saúde, de 2005, mostra que 12% dos brasileiros entre 12 a 65 anos são dependentes de álcool. "Temos graves índices revelando intenso consumo de álcool ", destacou. Ele também defendeu restrições à publicidade de bebida de baixo teor alcóolico.

A mesma pesquisa mostra que 8,8% da população consome maconha regularmente.

 

 

 

 

180 Graus