“Não sou dos que apostam no insucesso de alguém para crescer”, diz Romero sobre investigações em obra da Lagoa

“Não sou dos que apostam no insucesso de alguém para crescer”, diz Romero sobre investigações em obra da Lagoa

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), fez questão de comentar os rumores de que estaria se aproveitando da situação atual do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), em relação às investigações da obra da Lagoa, para se sobressair entre os membros da oposição na indicação pela disputa ao governo. O tucano vem sendo apontado como um dos favoritos do grupo para o Palácio da Redenção em 2018.

A Polícia Federal desencadeou no início desse mês a Operação Irerês, que investiga na prefeitura da Capital e na empresa responsável pelos serviços dos serviços, supostos desvios superior a R$ 6 milhões nas obras da Lagoa. “Sinceramente, eu não sou daqueles que apostam no insucesso de alguém para crescer, prefiro crescer trabalhando. É isso que eu tenho feito em toda minha vida pública”, disse o gestor.

Especificamente sobre a Lagoa, o prefeito afirmou que espera a resolução do assunto. “A gente espera e deseja que consiga ser esclarecido, no período certo, na hora oportuna. Para dar a chance, claro, ao prefeito Luciano de ter a oportunidade de apresentar os argumentos da prefeitura em defesa, evidentemente, em torno do que foi realizado na Lagoa”, esclarece Romero.

Sobre as possíveis disputas internas entre os aliados da oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB), Romero acredita que tudo ocorra dentro na normalidade. “Em relação essas questões de 2018, a gente está com tranquilidade, com serenidade, tentando manter o bom diálogo, a boa relação.  Tentar construir, acho que o que será essencial para 2018 será a unidade das oposições, tentar ver se a gente consegue somar todo mundo, porque eu acho que esse é o caminho para quem quer que seja se efetivar na vitória”.

Para o tucano, “o sucesso da vitória é a união e no que depender de mim nós vamos trabalhar com esse bom propósito de juntar todo mundo”, ratificou Romero. Demonstrando que seu interesse maior é continuar a aliança entre PSDB, PMDB e PSD.

 

 

 

 

Blog do Gordinho