Nabor lamenta tumulto e diz que a Assembleia é a “casa do povo”

Nabor lamenta tumulto e diz que a Assembleia é a “casa do povo”

O deputado Nabor Wanderley (PMDB) classificou de “lamentável”, em sua página no twitter, os tumultos que ocorreram na Assembleia Legislativa da Paraíba, nesta sexta-feira, durante a audiência para debater o projeto de reforma política. A audiência tinha a presença de membros da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, entre eles, o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Lamentável que uma minoria tente tumultuar um debate tão importante quando o da reforma política”, escreveu o deputado.

Em outra postagem, Nabor afirmou que “se as pessoas querem se manifestar, tudo bem. Mas que se manifestem trazendo ideias, propostas”. O deputado disse que suas críticas são direcionadas à baderna, à quebra do patrimônio público, ao desrespeito de alguns manifestantes para com a instituição democrática que é o Poder Legislativo. “Então, que descessem ao plenário com idéias, com propostas sobre temas que fossem do interesse deles”, escreveu o peemedebista noutra postagem. Ainda no twitter, o deputado afirmou: “A Assembleia Legislativa é a casa do povo”.

Os manifestantes envolvidos no tumulto tinham um alvo em particular: Eduardo Cunha. O deputado foi hostilizado quando estava em plenário e, diante da impossibilidade de falar e debater os temas pertinentes à audiência, optou por se retirar. Deputados estaduais de quase todas as legendas criticaram a postura antidemocrática dos manifestantes.

MaisPB