Na volta do Guia, Ricardo e Cássio homenageiam Campina, apresentam propostas e trocam farpas

Na volta do Guia, Ricardo e Cássio homenageiam Campina, apresentam propostas e trocam farpas

Com a volta do horário eleitoral gratuito na televisão e no rádio neste sábado (11), os candidatos ao governo da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) homenagearam Campina Grande, apresentaram propostas e alfinetaram um ao outro com denúncias.

O programa de Ricardo comdçou apresentando obras que foram realizadas durante sua gestão na cidade de Campina Grande. Além disso, ainda mostrou obras que foram abandonadas pelas gestões anteriores.

Em sua fala, Ricardo destacou os casos de três conjuntos habitacionais que tinham sido abandonados pelas gestões estaduais anteriores. “O estado precisa ser mais generoso com seus filhos”, declarou o governador.

Entre as obras realizadas por RC que foram destacadas por seu guia em Campina Grande estavam o Hospital de Trauma de Campina Grande, o Parque Ecológico de Bodocongó que começou a ser transformado em um parque urbano além da Avenida Almeida Barreto.

A candidata a vice-governadora na chapa de Ricardo, Lígia Feliciano (PDT), que é de Campina Grande, ainda ressaltou os benefícios trazidos pela gestão de Ricardo Coutinho para a cidade.

“Campina merece o que vem sendo feito por Ricardo. A cidade tem todo o direito de sonhar ainda mais alto, e queremos transformar este sonho em realidade”, declarou.

A propaganda mostrou, ainda, a adesão do senador Vital do Rêgo Filho (PMDB), que foi candidato ao governo do Estado, à candidatura de Ricardo Coutinho, além de José Maranhão, presidente estadual do PMDB e senador eleito e a candidata à reeleição da Presidência, Dilma Rousseff (PT).

Logo depois, no guia de Cássio Cunha Lima (PSDB), os apresentadores começaram agradecendo a maioria dos votos que foram conquistados no primeiro turno.

“Cássio teve uma vantagem de quase 30 mil votos diante de Ricardo. A maior diferença que ele teve em todas as eleições estaduais que já disputou. Nas outras duas eleições ele ganhou no primeiro e no segundo turnos. Desta vez, o sentimento da mudança é muito claro, mais de 1 milhão e 100 mil paraibanos desaprovaram o governo e votaram para mudar”.

Em seu programa Cássio ainda criticou o PMDB por ter se posicionado a favor da candidatura de Ricardo Coutinho.

“Como é que aqueles que passaram o primeiro turno inteiro proclamando que eram a verdadeira oposição e repetindo que o governo atual quebrou o estado podem, agora, se unir ao governo?”, questionou o apresentador.

Cássio ainda agradeceu a Deus e a todos aqueles que confiaram nele e deram seu voto. Ele ainda pediu que os quase 500 mil paraibanos que não votaram ou votaram nulo ou branco, lhe dessem um voto de confiança.

“ Estamos voltando para mudar. Vamos construir uma nova Paraíba, com serviços públicos que funcionem, com segurança, saúde e educação. Queremos um estado em que o cidadão se sinta respeitado, em que os servidores se sintam respeitados e onde o governo não sinta que está acima das pessoas”, declarou.

Cássio ainda homenageou Campina Grande, mostrando que as obras realizadas na cidade não existiriam se ele não tivesse sido governador, e ainda apresentou projetos futuros para a “Rainha da Borborema”.

“Temos os olhos voltados para o futuro, e com a força do trabalho da nossa gente, com poder e pioneirismo do nosso povo, vamos lançar este olhar para o amanhã e garantir que os sonhos que sonhamos juntos, de tornar Campina uma referência de desenvolvimento para o nordeste e para o Brasil, se concretizem pelos próximos 150 anos”, disse.

Cássio ainda destacou a adesão de diversas lideranças, inclusive os dissidentes do PMDB que não concordaram com a postura do partido de apoiar Ricardo e preferiram apoiar a candidatura do senador.

 


João Thiago