Na reunião dos governadores em Teresina, Ricardo vai reforçar criação do Ministério da Segurança

Na reunião dos governadores em Teresina, Ricardo vai reforçar criação do Ministério da Segurança

Uma preocupação crescente, a crise hídrica não estará na pauta da próxima reunião dos governadores do Nordeste, prevista para o dia 17 deste mês, em Teresina-PI. Os ministros Carlos Eduardo Gabas (Previdência Social), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Aldo Rebela (Ciências e Tecnologia), além do secretário para Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Mangabeira Unger, confirmaram presença.

Os governadores nordestinos já realizaram várias reuniões com os ministros do governo federal, inclusive com a própria presidente Dilma Rousseff. Porém, sem conseguir nenhum objetivo, sobretudo na questão relacionada à seca reclamada pelos chefes do Poder Executivo dos estados da região Nordeste, entre eles o governador Ricardo Coutinho (PSB), que se transformou em interlocutor das questões encaminhadas ao Palácio do Planalto.

No entanto, o governador paraibano é autor da proposta de criação do Ministério da Segurança, mas não tem encontrado eco em sua iniciativa, em que pese apoio do próprio colegiado nos encontros. Ricardo Coutinho deve reforçar a tese de necessidade de criar uma Pasta exclusiva para a solução do problema de violência que vem atingindo o país.

Em sua avaliação, isso daria uma grande contribuição para os estados do Nordeste, a exemplo da Paraíba, atingida com a violência crescente. Como o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, vai estar presente o encontro de Teresina poderá reforçar a proposta do governador paraibano de criação do Ministério da Segurança.

Quanto à seca, em que pese não está incluída na pauta do encontro do dia 17, o governador Ricardo Coutinho deverá levar a questão tratando de um assunto exclusivo da reunião. 

 

 


Marcone Ferreira