Na Paraíba, 12 cidades são prioritárias no combate aos focos de Aedes Aegypti. Uma do Vale, está entre elas

Na Paraíba, 12 cidades são prioritárias no combate aos focos de Aedes Aegypti. Uma do Vale, está entre elas

As ações de combate aos focos de Aedes Aegypti acontecerão em toda a Paraíba, mas doze das 223 cidades do estado são prioritárias, de acordo com a logística do governo. As doze cidades prioritárias apresentam casos registrados de dengue e microcefalia.

Estas cidades são Conde, Cacimba de Dentro, Campina Grande, Picuí, Monteiro, Malta, Santana de Mangueira, São Bento, Cajazeiras, Sousa, Manaíra e Juripiranga. O trabalho é feito conjuntamente com o Ministério da Saúde, Gerências Regionais de Saúde, Bombeiros, Exército, escoteiros e Infraero, mobilizando cerca de 2 mil pessoas.

O Governo do Estado disponibilizou aos municípios material educativo, além de 2.125 kits para os agentes de combate a endemias. Cada agente, por meio do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde recebeu um kit de trabalho com bolsa, caneta, lápis, lanterna, peneira, prancheta, camiseta, boné, protetor solar, repelente e trena.

Na Paraíba, de um total de 1.177.843 imóveis, já foram visitados até o momento, 931.820, o que equivale a 79,11%. Segundo os dados da Secretaria de Estado da Saúde, até o dia 11 desse mês foram notificados 756 casos suspeitos de microcefalia na Paraíba, sendo 275 descartados, 52 confirmados com alteração de imagens, dois com amostras positivas para o Zica Vírus e 427 em investigação.

A programação oficial do Dia de Mobilização teve início às 7h, no Grupamento de Engenharia, em João Pessoa, de onde saíram os soldados. Estiveram presentes o general Dantas, representante do Exército no estado, a secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, além do secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, e da imprensa local.

A secretária destacou a importância da participação popular. “A mobilização em massa de toda uma população de todo um país é o caminho para alcançarmos a vitória e a conscientização é o pilar para sensibilização da população” defendeu.

O general Dantas destacou o trabalho parceiro entre os governos federal, estadual e municipal. “Tenho certeza que a ação será um sucesso. O objetivo será alcançado com o empenho e esforço de todos. A equipe do Exército estará realizando a distribuição de panfletos nas residências e orientando as famílias. As equipes estão trabalhando no ataque aos focos do mosquito. É um trabalho de divulgação conscientização e erradicação dos focos do mosquito” declarou.

 

 

 

 

Secom