Musa quer bater recorde com tapa sexo de apenas 1,5cm na Sapucaí

Musa quer bater recorde com tapa sexo de apenas 1,5cm na Sapucaí

Andrea Martins tem um objetivo ousado para o Carnaval 2016. A musa da Alegria de Zona Sul quer bater o recorde de menor tapa sexo da Sapucaí, que já foi usado por Dani Sperle. Em 2014, Sperle desfilou pela União da Ilha com o adereço cm 5 cm. Este ano, Andrea mostrou ousadia com tapa-sexo de 1,5 cm e com pintura corporal que, segundo ela, custou R$ 15 mil.

“Vou desfilar em três agremiações com o corpo pintado e o menor tapa sexo, que tem 1,5 cm. No ano passado tinha 3 cm. O deste ano é mínimo, mas superseguro porque uso uma cola cirúrgica. Pode até chover que não cai. É adesivado. Esse ano completarei 60 eventos com pintura corporal. Ano passado teve a Dani Sperle que veio com um tapa sexo de 2,5 cm então esse ano eu vim com 1,5 cm pra garantir. Sendo adesivado não tem como um outro preso com ferro, que seja biquíni, ser menor que o meu. Se ela disser que o dela é menor, simplesmente não tem como”.

Além do tapa-sexo, os detalhes da fantasia de Andrea, que está toda trabalhada na pintura corporal, também chama atenção. “Sou conhecida como a musa das pinturas corporais. Hoje venho no segundo setor da escola representando a chama dos metais. Minha fantasia é feita de pintura e adereços com pedrarias. O costeiro tem penas de faisão e pedrarias, mas é superleve. Tudo custou R$15 mil porque o artista que me pinta não mora no Rio e eu trago ele para cá, tem que bancar todo um custo de passagem e hospedagem, além do trabalho dele. Tem que amar muito a folia tanto que estou há 22 anos no carnaval.”

Veja as fotos:

dsc4724 dsc4726 dsc4723

E não é só de Alegria da Zona Sul que vive o carnaval de Andrea Martins. Ao todo, são três escolas na lista desfiles dela. “Venho esse ano em três agremiações: amanhã sou musa da Unidos de Padre Miguel e domingo da União da Ilha. Ano passado, inclusive, tive um problema na Ilha porque faltando uma semana o presidente não liberou eu desfilar com a pintura corporal porque não conhecia o trabalho. Depois viu e se arrependeu então esse ano ele deixou”, relembra ela..

Andrea está acompanhada de perto pelo marido, Renato Bragança. “Somos casados há 21 anos e sou mãe de dois filhos. Ele me conheceu no carnaval, não gostava muito, mas aprendeu e hoje é meu maior fã”.

 

G1