Mulher tem casa invadida, é espancada e estuprada na cidade de Bayeux; policia prende acusado

Mulher tem casa invadida, é espancada e estuprada na cidade de Bayeux; policia prende acusado

Uma mulher de 43 anos de idade teve a casa invadida e acabou sendo agredida fisicamente e logo em seguida estuprada. O fato aconteceu na manhã desta quarta-feira (11) na cidade de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa e, para não atrapalhar as investigações,  estava sob sigilo da polícia que acabou prendendo o acusado.

Na Delegacia de Bayeux, a vítima contou que por volta das 6 horas da manhã estava deitada na cama quando foi surpreendida por um homem. Sob ameaça de morte, o suspeito pediu que ela ficasse calada, depois passou a agredi-la fisicamente e logo em seguida ela foi estuprada.

Depois que o bandido foi embora, a mulher pediu ajuda aos vizinhos com o objetivo de colher mais informações e detalhes sobre o acusado. Logo em seguida, ele foi até à Delegacia de Bayeux, onde prestou queixa.

As investigações foram iniciadas pelos agentes Justino, Alisson, Renan e Nascimento tendo a frente a Delegada Conceição casado. A polícia descobriu que acusado tinha vendido o celular da vítima e, pelo Whatsapp, conseguiu chegar até comprador do telefone que indicou a casa do suspeito.

Os agentes foram até o bairro do Mutirão e prenderam o acusado em flagrante. Identificado por “Adriano” e pai de dois filhos, ele não esboçou qualquer reação e apenas pediu desculpas e perdão pelo crime alegando que foi uma ‘fraqueza’. 

 

 


Paulo Cosme\Washington Luiz