Mulher morta em condomínio pode ter relação com duplo homicídio, em João Pessoa

Mulher morta em condomínio pode ter relação com duplo homicídio, em João Pessoa

Uma jovem de 24 anos foi assassinada dentro de um condomínio residencial localizado na comunidade Monsenhor Magno, no bairro Valentina de Figueiredo, em João Pessoa. O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (21). Viviane Gomes da Silva foi morta com cerca de seis disparos de arma de fogo.

De acordo com o aspirante Medeiros, do 5º Batalhão de Polícia Militar, a vítima estava descascando batata doce na parte externa da casa, quando homens em uma motocicleta chegaram no local e efetuaram os disparos.

A jovem morreu na hora. “Recebemos uma informação de que a morte da jovem pode estar relacionada ao duplo homicídio na mesma comunidade ocorrido na tarde de hoje (21). Segundo testemunhas, a mulher estava na companhia dos dois que foram mortos. Mas, essas são apenas informações preliminares. A Polícia Civil é quem vai investigar”.

A vítima tinha um filho de quatro meses. O delegado de Homicídios, Paulo Josafá, acredita que o crime pode ter sido 'queima de arquivo'. Os suspeitos pelo crime fugiram sem deixar pistas. O corpo foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de João Pessoa.

 

Portal Correio