Mulher é presa por abortar em matagal do Sertão paraibano

Mulher é presa por abortar em matagal do Sertão paraibano

Uma mulher foi encaminhada, nesta quinta-feira (11) para a Delegacia de Cajazeiras após abortar em um matagal da cidade de São José de Piranhas.  A mulher ainda será interrogada, já o feto, será submetido a uma perícia.

O aborto foi descoberto após a mulher ser atendida em um hospital do município em decorrência de fortes dores. Em seguida ela foi transferida para uma maternidade de Cajazeiras. Ao realizar os exames, a equipe médica constatou que ela apresentava características que apontavam um parto recente.

A mulher garantiu não saber da gravidez e revelou que na tarde da quarta-feira (10) tinha passado mal indo até uma mata fechada no sítio Mulungu onde teria acontecido o possível aborto. Ela ainda será ouvida pela Polícia Civil para determinar se houve crime.

 

 

 

 

MaisPB com Ângelo Lima