MPF move 96 ações de improbidade contra gestores públicos na Paraíba

MPF move 96 ações de improbidade contra gestores públicos na Paraíba

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) divulgou nesta segunda-feira (9) que este ano já ajuizou 96 ações por ato de improbidade administrativa contra prefeitos, ex-prefeitos, servidores públicos, entidades e pessoas de fora da administração pública envolvidos na malversação de verbas federais. Os dados compreendem o período entre 1º de janeiro e 20 de novembro.

Dados levantados pela 5ª Câmara de Coordenação e Revisão, que cuida atualmente de questões relativas à improbidade administrativa, apontam que até 5 de dezembro foram ajuizadas 1.507 ações em todo o país. Os estados com maior número de ações são Maranhão (157), Bahia (145) e Paraíba (130).

Foram 170 ações em 2009, 67 em 2010, 97 em 2011 e 76 em 2012. Em 2013, já são 96 ações (contabilizadas até o dia 20 de novembro). Do total de ações no estado, apenas três tramitam em segredo de justiça.

Nos últimos cinco anos, o MPF da Paraíba moveu mais de 500 ações de improbidade administrativa. Para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, "a sociedade espera do MPF uma atuação mais efetiva no que se refere à corrupção, acreditando, inclusive, que esta seja sua principal atribuição. Ao eleger o combate à corrupção como o tema de maior crescimento da atuação futura do MPF, os membros alinharam-se ao sentimento social.

 

Fonte G1