MPF denuncia Neymar e o pai pode sonegação fiscal e falsificação de documentos

MPF denuncia Neymar e o pai pode sonegação fiscal e falsificação de documentos

O Ministério Público Federal em Santos quebrou o sigilo e divulgou as denúncias contra Neymar e o pai dele no começo da noite desta terça-feira (2). De acordo com o MPF, os dois terão que responder por falsificação de documentos e sonegação de impostos entre os anos de 2006 e 2013. 

Além do jogador e do pai, o MPF também cita Alexandre Rosell Feliu e Josep Maria Bartomeu Floresta, ex e atual presidente do Barcelona, respectivamente. Após a denúncia, a Justiça vai avaliar o pedido do MP e decidir se seguirá com o processo, que pode render penas de até cinco anos aos acusados.

As denúncias do MPF não têm relação com os processos que correm na Justiça espanhola, que levaram Neymar e o pai a depor em Madri nesta terça, relacionados à corrupção entre particulares.






R7