MP vai apurar denúncia de farras de vereadores com dinheiro público

MP vai apurar denúncia de farras de vereadores com dinheiro público

Os vereadores de Sousa serão investigados pelo Ministério Público sobre o pagamento de "festas juninas, aniversários de vereadores e distribuição de quentinhas" que estaria sendo feito, indevidamente, com recursos financeiros da Câmara Municipal. Um Inquérito Civil Público já foi instaurado pelo  promotor de Justiça, Leonardo Quintans, para apurar o caso.

As denúncias de realização de "farras" com dinheiro público na cidade de Sousa envolvem, entre outros parlamentares, os ex-presidentes da Câmara, Cacá Gadelha (PSD) e Eduardo Medeiros (PTB). Nas investigações, o MP deve apurar, entre outras irregularidades, se foram feitas licitações para pagamentos de festa de vereadores, principalmente em datas natalícias.

O promotor Leonardo Quintans revelou, ao Portal Folha do Sertão, que tem em mãos uma vasta documentação, inclusive Nota Fiscal que discrimina o objetivo, tipo: "despesas gastas em comemoração a aniversário do vereador...". As denúncias se referem aos exercícios 2012 e 2013, quando teriam sido pagas pelo Poder Público as festas de aniversário dos vereadores, durante a gestão de ex-presidente Eduardo Medeiros.

O ex-presidente Cacá Gadelha disse que estranhava a denúncia no MP depois de alguns anos, levando em consideração que compete ao órgão público fiscalizar. Já o vereador Eduardo Medeiros que está afastado de suas funções do Poder Legislativo não foi encontrado pela reportagem do Folha do Sertão para comentar o assunto.

 

 

 

 

Folha do Sertão