Motorista de ônibus atingido por trem se apresenta à Polícia

Motorista de ônibus atingido por trem se apresenta à Polícia

O motorista do ônibus que foi atingido por um trem da Companhia Brasileira  de Trens Urbanos (CBTU) na cidade de Santa Rita, se apresentou as autoridades policias, na tarde desta segunda-feira (1).

O homem, que estava foragido desde o acidente, se entregou na 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita,  e foi ouvido pelo delegado Antônio Farias, que também colheu depoimento do maquinista da locomotiva.

Em entrevista ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan FM, Antônio Farias revelou detalhes dos depoimentos e disse que  o motorista e o maquinista foram indiciados  por homicídios culposos.

De acordo com Antônio Farias, o motorista contou que ao chegar  na  lombada encontrou o trânsito totalmente obstruído e não teve como tirar o veículo do local e evitar o choque. O carro também não apresentou nenhum problema mecânico.

Já o maquinista disse que acionou o freio da locomotiva, mas a mesma não conseguiu parar por causa da pouca distancia que estava do ônibus. Eles alegaram  que deixaram o local temendo represálias e linchamento.

Antônio Farias ainda vai ouvir testemunhas e o chefe de manutenção da CBTU. A Polícia Civil deve concluir o inquérito nos próximos trinta dias.

No acidente quatro pessoas morreram e outras sete se encontram internadas no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Quatro em estado grave.

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB