Moradores deixam aviso a ladrões em outdoors de SC: ‘Sujeito a levar tiros’

Moradores deixam aviso a ladrões em outdoors de SC: ‘Sujeito a levar tiros’

Na comunidade rural de Vila Nova, em Joinville, no Norte catarinense, pelo menos duas propriedades colocaram outdoors que sugerem que a população está armada para enfrentar  violência da região, como mostrou o RBS Notícias dessa sexta-feira (19).

Nos anúncios está escrita a frase: “Devido ao grande número de assaltos e latrocínios, não toleramos atitudes suspeitas. Para sua segurança, identifique-se. Sujeito a levar tiros”. À RBS TV, nenhum morador confirmou possuir armas.

A Polícia Militar não quis se manifestar sobre as placas dos moradores, nem sobre as ameaças de autodefesa. Para o advogado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Nicholas Alessandro Medeiros, os anúncios parecem mais um protesto do que uma ameaça.

“No Brasil, o porte de arma é restrito. As pessoas têm que ter autorização da Polícia Federal e podem ter arma em casa e reagir a uma atitude criminosa, mas dentro da própria casa com a arma legalizada. Caso contrário, ele vai praticar crimes graves, como tentativa de homicídio, que pode ser responsabilizado pelo Ministério Público”, falou Medeiros.

Crimes na região
No começo de julho, um aposentado de 72 anos foi morto dentro da própria casa. O idoso tinha recebido o dinheiro da aposentadoria.  Os moradores reclamam da falta de policiamento.

“Quando ele foi assassinado a gente ficou mais inseguro”, diz o morador Edilson Bagato. “O cara [bandido]  pensa que a gente tem alguma coisa, pode querer assaltar a gente”, disse o morador Juvedil Ferreira.

O posto mais próximo da Polícia Militar fica a mais de 10 km da região central do bairro. Conforme a polícia, uma operação foi feita na região durante 30 dias, com abordagem de suspeitos. As rondas continuam, mas a corporação diz não ter efetivo para manter a operação.

 

 

G1