Modelos ex-affairs de Neymar dizem quem são seus jogadores preferidos

Modelos ex-affairs de Neymar dizem quem são seus jogadores preferidos

Quando Carol Abranches voltou do Guarujá, no litoral de São Paulo, em novembro de 2011, não sabia o quanto suas fotos ao lado de Neymar , a bordo de um iate, tinham repercutido internacionalmente. "Levei um susto. Estávamos entre amigos, não rolou nada naquele dia. Conheci Neymar por intermédio de outros jogadores amigos meus, ele chamou a gente para viajar e eu fui. Mas não imaginava que fosse acontecer tudo o que aconteceu", garante ela, que na época deu entrevistas, posou para o Paparazzo e optou pelo recolhimento, indo morar em Miami: "Hoje me arrependo de muita coisa que eu disse na época".

De volta ao Paparazzo - com Patrícia Jordane, outro romance do jogador -, que vai ao ar dia 11, véspera da abertura da Copa do Mundo, Carol está mais madura. Mais discreta, a carioca de 27 anos, prefere medir as palavras para falar do craque. "Da minha parte não ficou mágoa, mas não sei por ele. Acredito que não, porque já nos falamos outras vezes", conta ela, que aponta Hulk como o jogador mais interessante da Seleção: "Se fosse para escolher, ele seria meu eleito".

Já Patrícia Jordane, que também estrela o ensaio sensual em homenagem ao mundial, escolheria Fred. "É mineiro como eu, e tem um sorriso matador", elogia ela, que nasceu em Belo Horizonte, mas decidiu deixar a capital de Minas Gerais porque a cidade ficou "muito pequena" para ela.

Assim que chegou ao Rio, Patrícia, que também foi eleita pela "Playboy" como a musa da Copa de 2014, conheceu amigos de Neymar que o apresentaram a ela em uma boate. "Mas era tanto assédio que nem dei bola. Ele me chamou para o camarote dele, senti um clima, mas não fiquei com ele", conta ela, que jura não ter se deslumbrado com a paquera do jogador milionário.