Missa de corpo presente reúne multidão em Recife para despedida de Eduardo; acompanhe o velório

Missa de corpo presente reúne multidão em Recife para despedida de Eduardo; acompanhe o velório

Mais de cem coroas de flores já chegaram ao local. Ao lado delas, painéis do trio de grafiteiros Daniel Ferreira, Inaldo Júnior, ou "Asak", e Lídio Leão, o "Kronus" prestam tributo. Eles explicaram que é uma forma de agradecer as benfeitorias para a cultura da gestão dele.

Vários populares elaboraram cartazes e carregam bandeiras e flores. Já as irmãs Conceição e Zelma Moraes, de 56 e 70 anos, respectivamente, chegaram ao local do velório às 8h. Eleitoras de Arraes e Eduardo, ambas estavam muito emocionadas. "Não podia deixar de vir, votei nele desde que ele era candidato. Ele era bonito por dentro e por fora", falavam as irmãs uma completando a outra e segurando o choro.

 

10h45 - Filho de Eduardo Campos abraça o caixão do pai. Imagens comoventes marcam despedida do líder. População enfrenta filas gigantes para ver o caixão.

 (REUTERS/Paulo Whitaker )  
 (REUTERS/Paulo Whitaker)  

10h30 - Missa campal começa com a presença de muitos políticos que foram prestar homenagens a Eduardo Campos. Além da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também  participam a possível candidata na chapa do PSB à presidência, a senadora Marina Silva; o candidato à presidência da República Aécio Neves; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; José Serra (PSDB); Alexandre Padilha (PT); os senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB); Cristóvão Buarque (PDT); o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB); o candidato a governador de Pernambuco pelo PSB, Paulo Câmara, entre outras autoridades.

10h27 - O senador Jarbas Vasconcelos, que se encontra no velório do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, disse que está à disposição da viúva Renata Campos para manter a bandeira de Eduardo. "Ele acreditava que iria mudar o Brasil com a ajuda do povo. Vamos lutar para que as coisas voltem ao normal", lembrou o senador, em entrevista para TV.

Jarbas também comentou que a dor era da família mas tambpem do Brasil todo, diante do "chocante e terrível acidente". "Renata Campos é uma fortaleza", disse, o senador, sobre a força que a viúva tem mostrado desde a última quarta-feira (13).

10h15 -  O presidente Luiz Inácio Lula da Silva segura o caçula de Eduardo Campos enquanto conversa com Renata campos durante o velório.

 (REUTERS/Ricardo Moraes )  

10h05 - A presidente Dilma Rousseff  chega ao velório do governador Eduardo Campos acompanhada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois vão participar da missa de corpo presente no palanque montado na praça da República, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, no Recife. Os dois foram recebidos com aplausos calorosos, cumprimentaram Marina Silva e os filhos de Campos. Também são esperados o presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves, ministros, parlamentares, prefeitos, vereadores, empresários e embaixadores. Dezenas de governadores confirmaram presença na cerimônia.

 (Larissa Rodrigues/DP/D.A. Press)  

09h51 - O arcebispo de Recife e Olinda, Dom Fernando Saburido está no Palácio do Campo das Princesas, para velar o corpo do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). Ao chegar, Saburido foi ao encontro da viúva Renata Campos. A movimentação é constante no local, desde as primeiras horas da manhã. A missa campal está prevista para as 10h, com a presença da presidenta Dilma Rousseff (PT).

 (Thiago Neres/DP/DA Press)  

09h24 -

A presidente Dilma Rousseff participa, na manhã deste domingo, da missa de corpo presente do ex-governador Eduardo Campos, no palanque montado na praça da República, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, no Recife. O voo da presidente Dilma deve atrasar uma hora e por isso a cerimônia também deve ser atrasada até a chegada da chefe de estado.


Dilma estará ao lado da viúva de Eduardo Campos, Renata, e seus familiares, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que irá acompanhá-la, além do vice-presidente Michel Temer e vários ministros. Marina Silva, que já chegou a Recife, também estará na missa.


A presidente não pretende ficar para o enterro, às 17h. A ideia é de, depois de participar da missa e ficar ao lado da família do ex-governador, Dilma retorne para Brasília.


09H07 - As ruas no entorno do trajeto entre o Palácio do Campo das Princesas, em Santo Antônio, onde ocorre o velório, e o Cemitério de Santo Amaro, local do sepultamento dos restos mortais de Eduardo Campos e Carlos Percol, estão interditadas desde a manhã deste domingo.

As vias com trechos bloqueados são Avenida Martins e Barros, Ponte Buarque de Macedo, Praça da República, Ponte Princesa Isabel, Rua da Aurora, Rua do Palmares, Rua Marquês do Pombal, Praça Campos Santos, Rua Treze de Maio e Avenida da Saudade.

O translado dos caixões passará pela Ponte Princesa Isabel, Rua da Aurora, Av. Mário Melo e Rua Treze de Maio, até chegar à entrada principal do cemitério. O enterro do corpo do ex-governador está marcado para as 17h. Antes, por volta das 14h, ocorrerá o sepultamento de Carlos Persol, assessor de imprensa da campanha presidencial.

08h57 - Os corpos de Carlos Percol (assessor de imprensa) e de Alexandre Severo (fotógrafo) também estão sendo velados neste momento no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife, juntamente com os restos mortais do ex-governador Eduardo Campos. Já o corpo Marcelo Lyra seguiu para o cemitério Morada da Paz, em Paulista, onde a família e os amigos prestam as últimas homenagens ao fotógrafo e cinegrafista.

Após a missa campal que acontecerá em frente ao Campo das Princesas, o corpo de Alexandre Severo também seguirá para o Morada da Paz, onde acontecerá uma cerimônia mais íntima de despedida. O enterro de Marcelo Lyra está previsto para as 17h. Já a cremação dos restos mortais de Alexandre Severo deve acontecer às 19h.

O corpo de Carlos Percol, assessor de imprensa de Eduardo Campos, deve acontecer duas horas depois do fim da missa campal, no Cemitério de Santo Amaro, na região central do Recife. No mesmo local, por volta das 17h, está marcado o sepultamento de Eduardo Campos.

08h45 - O velório do ex-governador Eduardo Campos segue no Palácio do Campo das Princesas, com muitas pessoas esperando na fila para prestar a última homenagem ao político. A viúva de Eduardo, Renata Campos, acabou de chegar ao Palácio do Campo das Princesas. Muitas pessoas usam preto e levam uma bandeira preta com o símbolo do PSB (uma pomba, pintada de branco). O tempo está nublado e choveu bastante durante a noite, mas mesmo assim as pessoas se encaminham para o velório.

 ( Larissa Rodrigues/DP/D.A Press)  

06h26 -

Centenas de admiradores estão na frente do Palácio do Campo das Princesas, em Santo Antônio, onde é realizado o velório do ex-governador Eduardo Campos, morto na quarta-feira (13). Cerca de cinco mil pessoas já passaram pelas filas para se despedir de Campos, do assessor Carlos Percol e do fotógrafo Alexandre Severo, de acordo com um dos seguranças. O velório de Marcelo Lyra ocorre no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.

 (REUTERS/Ricardo Moraes )  

O velório está aberto ao público desde a chegada dos restos mortais à sede do governo estadual, por volta das 2h30, após cortejo fúnebre em carro do Corpo de Bombeiros que passou por 11 bairros. A missa campal será celebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, às 10h, na Praça da República.


A ex-primeira dama Renata Campos e os filhos do governador ainda não chegaram ao local. Eles acompanharam o desfile.


Os corpos do ex-governador Eduardo Campos e assessores mortos no acidente aéreo na cidade de Santos (SP) chegaram por volta das 23h05 deste sábado ao Recife. Os caixões foram transportados em um avião da Força Aérea Brasileira
 

Globo