Ministro Teori Zavascki, do STF, nega recurso para parar impeachment de Dilma

Ministro Teori Zavascki, do STF, nega recurso para parar impeachment de Dilma

mpondo uma nova derrota ao governo, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki negou nesta quarta-feira (11) o recurso apresentando pela Advocacia-Geral da União que tentava anular o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso.

Com isso, fica mantida a sessão do Senado que discute a admissibilidade da denúncia por crime de responsabilidade da presidente. Se for aprovada, Dilma será afastada por até 180 dias e o vice-presidente Michel Temer assumirá o comando do país.

 

 

 

 

Folha de São Paulo