Ministro diz que governo terá planos para indústria em 15 de dezembro

Ministro diz que governo terá planos para indústria em 15 de dezembro

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, anunciou nesta quarta-feira (12) a formação de cinco grupos de trabalho interministeriais que vão apresentar à presidente Dilma Rousseff até 15 de dezembro propostas de estímulo à indústria a serem adotadas no seu segundo mandato.

Os grupos vão se debruçar sobre cinco áreas: infraestrutura (incluindo rodovias, ferrovias, portos, energia e mobilidade urbana); desburocratização tributária, comércio exterior, compras governamentais e inovação.Os temas foram escolhidos como prioritários a partir de uma agenda com 42 propostas entregues em junho pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) à presidente Dilma Rousseff.

Na tarde desta quinta, Mercadante recebeu o presidente da entidade, Robson Andrade, para tratar do assunto. Os grupos de trabalho contarão com representantes da CNI. “Teremos uma nova equipe de governo em breve. E este trabalho vai ajudar a impulsionar a nova equipe econômica focada na competitividade”, disse Mercadante.

Segundo o ministro, os grupos estão organizados para focar em resultados concretos. "Assumimos o compromisso de trazer para o âmbito do núcleo central do governo e da Casa Civil a agenda de competitividade da indústria", disse.

Na avaliação do presidente da CNI, a agenda é "densa e robusta" e o prazo, curto. "A CNI sai hoje com um horizonte bastante curto de medidas que poderão fazer com que a indústria possa retomar competitividade tanto no Brasil quanto no exterior", afirmou Andrade.


 

G1