Ministério da Saúde pretende mudar modelo de gestão básica do SUS

Ministério da Saúde pretende mudar modelo de gestão básica do SUS

O Ministério da Saúde apresentou as novas propostas para a Política Nacional de Atenção Básica (Pnab).

Entre as alterações estão a possibilidade de financiamento de outros modelos de atenção básica, além da Estratégia de Saúde da Família (ESF), e a unificação das funções dos agentes comunitário de saúde e de combate às endemias, segundo o ´Estadão´.

Atualmente, para financiar a atenção básica o governo federal transfere aos municípios o Piso de Atenção Básica (PAB), que é proporcional à população – cerca de R$ 24 por habitante por ano.

Além do PAB fixo, os municípios recebem recursos extras – o PAB variável, a partir de R$ 7 mil por equipe – caso adotem equipes de Saúde da Família.

 

 

 

 

*fonte: estadão.com