Microsoft demite metade dos funcionários e fecha fábrica no Brasil

Microsoft demite metade dos funcionários e fecha fábrica no Brasil

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, a Microsoft, anunciou nesta quarta-feira (14) que vendeu a sua fábrica no polo indústrial de Manaus, no Amazonas. Com isso, parte dos seus funcionários — mais especificamente 1,2 mil — serão dispensados. A quantidade geral de colaboradores da empresa em solo brasileiro é de 2,4 mil. Ou seja, metade dos empregados da empresa norte-americana sofrerão com a mudança. Porém, eles não ficarão sem trabalho.

A empresa garantiu que todos eles serão repassados para a Flextronics — que adquiriu a fábrica da Microsoft. A fábrica já pertenceu à filandesa Nokia, mas com a venda para a Microsoft em 2014 passou a ser administrada pela empresa norte-americana. A produção do console Xbox continuará a ser feita em Manaus, através da própria Flextronics.

Com a mudança, o Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) e a Fundação Nokia devem buscar novas fontes de financiamento. Porém, a Microsoft informou que os alunos já matriculados devem finalizar os seus cursos sem nenhum tipo de prejuízo.

Confira abaixo a nota oficial divulgada pela Microsoft:

Como parte da reestruturação do negócio de dispositivos móveis anunciada anteriormente, a Microsoft tem procurado formas de aumentar a eficiência nas operações. Depois de uma profunda e minuciosa avaliação, e sujeita à aprovação regulatória final, a Microsoft decidiu contratar para a fabricação de Xbox e de smartphones no Brasil o nosso parceiro de negócios, a Flextronics, a partir de janeiro de 2016. O objetivo é que a Flextronics mantenha um nível semelhante de operações no Brasil. A Microsoft está empenhada em apoiar os funcionários durante esta transição. A Fundação Nokia e o INDT eram parte dos investimentos da fábrica. E por isso, como apoio integral da Microsoft, a Fundação e o INDT estão a procura de outras frentes de financiamento. A Microsoft, no entanto, vai garantir que todos os alunos atualmente matriculados na Fundação Nokia finalizem o curso.

 

 

 

180 Graus