Médico morre durante jogo do Santa Cruz e Auto Esporte pelo Paraibano

Médico morre durante jogo do Santa Cruz e Auto Esporte pelo Paraibano

O médico Dorivaldo Pereira, que acompanhava a partida entre Santa Cruz e Auto Esporte, pelo Campeonato Paraibano, passou mal e morreu durante o jogo. Ele era cardíaco e estava substituindo o médico titular do jogo. Porém, logo no início do confronto entre as equipes, ele passou mal e teve uma embolia pulmonar que evoluiu para uma parada cardíaca. O médico foi atendido pela ambulância no centro do gramado do Estádio da Graça, em João Pessoa, e levado em estado grave para a Clínica Dom Rodrigo. Mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

A partida em questão estava programada para começar às 20h30 e reunia os dois últimos colocados da 2ª fase do Campeonato Paraibano. Inicialmente, seria o médico Anuar Mohammed que ficaria na beira do campo, mas ele não foi para o Estádio da Graça. E sem um profissional de medicina na praça esportiva, como manda o Estatuto do Torcedor, o árbitro Euneres Inácio não autorizou o início do jogo.

Dorivaldo Pereira, de 72 anos, chegou ao estádio às 21h50. Sorridente e sob aplausos da torcida, que chegou a festejar a sua chegada, já que só assim a bola poderia rolar. Já com bola rolando, ele chegou a sentar no banco de reservas do Auto Esporte, mas foi chamado para sentar no banco do time mandante.

Três minutos depois, contudo, ele começou a passar mal. Ficou pálido, teve dificuldades de respirar e suava muito. Foi imediatamente atendido pela ambulância, que “estacionou” no círculo central do campo, e logo em seguida levado à clínica. Sob protestos dos dirigentes do Santa, que sem saber da gravidade do caso queriam que o jogo tivesse continuidade, a arbitragem cancelou a partida.

Blog do Gordinho com Globo Esporte.Co