Maranhão revela recusa de Laplace para assumir cargo no governo RC e deixa portas abertas para diálogo com Cartaxo

Maranhão revela recusa de Laplace para assumir cargo no governo RC e deixa portas abertas para diálogo com Cartaxo

Os ânimos estão cada vez mais acirrados entre o PMDB, do senador José Maranhão, e o PSB, do governador Ricardo Coutinho, Hoje (4), em conversa com o Blog do Gordinho, o peemedebista confidenciou que Laplace Guedes, que foi remanejado da Secretaria de Turismo para a Secretaria Executiva de Energia e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), não assumirá o novo cargo. O parlamentar também revelou conversas com líderes do PSDB sobre uma união com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), já no primeiro turno das eleições e deixou as portas abertas para novos diálogos com o gestor.

José Maranhão entendeu que o PMDB foi visto pelo governador Ricardo Coutinho como um partido de “segundo nível”, após perder a Secretaria de Turismo, e deixou o socialista “à vontade” para demitir e nomear quadros da legenda na gestão estadual. “O Laplace me disse que não vai assumir”, antecipando a entrega do primeiro cargo de seu partido.

O senador também afirmou ter sido procurado por líderes do PSDB para discutir a possibilidade de uma aliança entre PMDB, PSD e PSDB já no primeiro turno das eleições da Capital.

“Nós conversamos sobre esse assunto, mas sem maiores consequências, apenas comentários”, falou.

Ele preferiu não antecipar se considera viável uma composição entre os partidos com o objetivo de derrotar o grupo do governador Ricardo Coutinho, mas deixou o caminho livre para um aprofundamento de diálogo com Cartaxo, apesar de seu partido ter lançado a pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) a prefeito da cidade.

“Não entrei numa avaliação mais profunda e como não conversei com os agentes, no caso Luciano Cartaxo e o próprio Cássio, especificamente sobre esse assunto, ainda não posso dizer nada. Eu já fui convidado para conversar várias vezes, e uma vez, faz um tempo, conversei com Luciano, mas não tem nada agendado para uma conversa mais consequente”, declarou.

A direção do PSDB trabalha para atrair o PMDB para a base de Luciano Cartaxo na reta final da pré-campanha e estaria aguardando uma resposta da legenda para só então oficializar o apoio dos tucanos à reeleição do prefeito.

 

 

 

 

 

 

Blog do Gordinho