Maranhão e Veneziano, batem boca por telefone

Maranhão e Veneziano, batem boca por telefone
 Foi duro e com ameaça do deputado federal Veneziano Vital de deixar o PMDB o diálogo por telefone ocorrido neste sábado (12) entre o senador José Maranhão e o ex-prefeito de Campina Grande, depois que espalhou-se a informação do pré-lançamento de candidatura ao Governo do deputado federal Hugo Motta, surgida durante a convenção do PMDB em Patos - na manhã de ontem. "Não existiu lançamento", repetiu ao telefone por diversas José Maranhão contra-argumentando que apenas fizera elogios ao desempenho do deputado patoense por isso considerava-o com futuro no Estado.
 
Do outro lado da linha, o deputado repetia sua revolta com o que considerava pré-lançamento pois ele nutre ainda a possibilidade de ser candidato ao Governo quando, em determinado momento ameaçou deixar o PMDB. "Encontre outros pretexto para isso (a saída do partido) porque no caso de Patos não existiu isso, volto a repetir, portanto não haverá abrigo dessa sua intenção", afirmou Maranhão.
 
Depois da conversa, pessoas que estavam próximas do senador numa outra parte do restaurante Mangai, em João Pessoa, disseram que ele parecia fisicamente revoltado com a ligação telefônica, disparada por Veneziano.
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: RP