Maranhão diz que 'até as convenções o moído será grande'; peemedebista estaria a espera de RC

Maranhão diz que 'até as convenções o moído será grande'; peemedebista estaria a espera de RC

O presidente estadual do PMDB, senador José Maranhão, mantém o tom de mistério sobre o posicionamento do partido na disputa pela Prefeitura de João Pessoa.

O peemedebista disse que é natural que hajam especulações em torno do assunto e insinuou que a decisão do PMDB só deve sair no prazo máximo da convenção, cinco de agosto, e ironizou ao afirmar que até lá, o moído será muito grande.

“É natural que existam muitas especulações e vai se tornar mais intensa por conta das proximidades das convenções. Esse assunto só vai virar pauta morta no dia cinco de agosto. Até lá, o moído é grande. Entra candidato e sai candidato”, afirmou.

A fontes próximas do senador, ele teria declarado que “ele (Ricardo) tem o número do meu celular e conhece o meu endereço”, lembrando que RC sabe o caminho de acesso a mansão do Altiplano Cabo Branco e que pretende tratar do assunto sem a presença de intermediários.

Quanto a pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior, ela ainda se mantém. No entanto, sem a mesma empolgação de antes. Por isso, nos bastidores do PMDB os comentários são de desistência do nome do peemedebista. Agora, neste momento, o que se sabe é do encaminhamento para o “chapão” de apoio a recandidatura do prefeito Luciano Cartaxo.

Porém, a definição oficial deverá passar por uma conversa com o governador Ricardo Coutinho. Um interlocutor do blog sustenta que Maranhão quer manter a boquinha dos cargos e ampliá-los, se possível. Essa pendenga só não foi resolvida ainda porque na mansão do Altiplano só chegou interlocutores dos socialistas para dizer que a melhor aliança é com a pré-candidatura do PSB.

Nem tanto. Falta confiança dos peemedebistas calejado com os últimos episódios de quando esteve ao lado do PSB do governador Ricardo Coutinho, quer seja no passado da disputa pela Prefeitura de João Pessoa ou na eleição para o governo do Estado, em 2014.

 

 

 

 

 

 

Anderson Soares e Marcone Ferreira