Maranhão revela divergência com PT para proporcional; Charlington nega

Maranhão revela divergência com PT para proporcional; Charlington nega

O presidente estadual do PMDB, José Maranhão, revelou, nesta terça-feira (10), que existem divergências entre a sua legenda e o Partido dos Trabalhadores (PT) para formação da chapa proporcional, que disputará vagas na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). No entanto, o dirigente do PT, Charlington Marchado, nega que haja a discordância.

Durante entrevista ao Correio Debate, da 98 FM, Maranhão contou que não há mais nenhum problema com o PT nos acertos da chapa majoritária e na proporcional que pretende concorrer à eleição para a Câmara Federal, mas ainda existe desacordo entre as lideranças que concorrerão as cadeiras para a Casa de Epitácio Pessoa.

De acordo com Maranhão, a maioria dos petistas querem o que ocorreu em 2010, quando a agremiação partidária se uniu a pequenas legendas e, dessa forma, conseguiram um bom resultado no pleito eleitoral.

Charlington Marchado discorda de Maranhão e disse também ao Correio Debate que desconhece a divergência. Ele prometeu levar o assunto a reunião do PT, que acontecerá na próxima sexta-feira (13) e deverá ouvir a militância sobre o assunto.


Roberto Targino - MaisPB