Manoel Júnior retira nome da dipsuta para líder do PMDB e estaria magoado com Eduardo Cunha

Manoel Júnior retira nome da dipsuta para líder do PMDB e estaria magoado com Eduardo Cunha

O deputado federal Manoel Júnior era tido como um dos favoritos para assumir a liderança do PMDB na Câmara dos Deputados, mas no dia de ontem comunicou aos correligionários que retirou seu nome da disputa. A informação é da coluna do jornalista Felipe Patury, na Revista Época.

Manoel foi um dos principais atores da eleição de Eduardo Cunha para presidência da Câmara, e esperava uma pouco mais reciprocidade no apoio na disputa pela liderança. 

Confira a nota de Patury:  

 Depois de Leonardo Quint]ao (MG), os deputados Alceu Moreira (RS) e Manoel Júnior (PB) retiraram as suas candidaturas a líder do PMDB na Câmara. Disseram aos seus correligionários que não conseguiram levantar apoio suficiente. Manoel Júnior saiu da disputa magoado com o presidente da Câmara, o peemedebista Eduardo Cunha (RJ).

Durante a eleição a presidente da Casa, Monoel Júnior foi o mais aguerrido cabo eleitoral de Eduardo Cunha. Os dois são muito próximos. Por causa da ótima relação e da fidelidade, Manoel Júnior esperava ser o líder do PMDB com o apoio de Eduardo Cunha, que preferiu não declarar preferência nem votar na disputa. Concorrem à liderança do PMDB os deputados Lúcio Vieira Lima (BA), Danilo Forte (CE), Marcelo Castro (PI) e Leonardo Picciani (RJ).

 
 
 


Da redação