Mais de cinco mil pessoas sofrem com asma na Paraíba; tratamento é gratuito

Mais de cinco mil pessoas sofrem com asma na Paraíba; tratamento é gratuito

Ao menos 5.242 sofrem com asma na Paraíba, os dados são da Secretaria Estadual de Saúde e revelam apenas os usuários do sistema público de saúde. A Secretarias afirma que o número de óbitos devido a enfermidade tem caído, assim como a quantidade de pessoas com a doença.

Os pacientes com asma podem ter tratamento gratuito no Estado, “Para obter os medicamentos, gratuitamente, o paciente diagnosticado com asma deve procurar o Cedmex munido de Laudo de Solicitação de Medicamentos de um especialista (pneumologista), termo de consentimento, prescrição médica, exame de espirometria, além de RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS”, explicou a diretora-geral do Cedmex, Gilcélia Maria Menezes.

No ano de 2011, foram registradas 7.760 internações em decorrência da doença. O número caiu para 6.453 em 2012; 5.393 em 2013; e 4.332 internações em 2014. Consequentemente, o número de mortes por asma também diminuiu. Foram 53 em 2011; 51 em 2012; 47 em 2013; e 36 mortes em 2014.

A doença – A asma é uma doença crônica, mais comum na infância, que causa dificuldade na entrada e principalmente na saída de ar no pulmão. Essa dificuldade na respiração acontece devido a um processo inflamatório crônico das vias aéreas inferiores (inchaço e estreitamento brônquico), causando uma limitação variável do fluxo aéreo.
Sintomas – Entre os sintomas da doença, estão: dispneia (cansaço); crise de sibilância (chiado), aperto no peito e tosse. De acordo com a médica, é importante a informação sobre a evolução da doença para os parentes, pois pode contribuir para menor morbidade e mortalidade.

 

 

 

MaisPB